GUANAMBI - SÃO GERALDO MAJELLA
17-10-2017
São Geraldo Majella, em Guanambi, é 37ª paróquia da Diocese de Caetité
GUANAMBÍ – SANTO ANTÔNIO
17-10-2017
Paróquia Santo Antônio de Guanambi realiza Assembleia Paroquial
Notícias
17-10-2017
Cavalgada, em Sebastião Laranjeiras, homenageia Nossa Senhora Aparecida
DIOCESE
17-10-2017
NOTA DE ESCLARECIMENTO
HORÁRIO DE MISSA

BOQUIRA – NOSSA SENHORA DA ABADIA

São Sebastião é celebrado na Diocese; confira programação das paróquias

20-01-2016 | Por Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Comunidades começaram o dia de São Sebastião com alvoradas festivas. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Comunidades começaram o dia de São Sebastião com alvoradas festivas. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Com espírito missionário, em várias partes da Diocese de Caetité hoje se celebra a festa do mártir São Sebastião. Um dos santos mais populares da Igreja, devotado em várias partes do mundo, encontra aqui no nordeste brasileiro devotos que se espelham no seu exemplo de fé para seguir em frente nas lutas diárias.

Neste sentido, inúmeras paróquias utilizaram no tema e lema de seus festejos o Projeto Diocesano de Evangelização, que busca uma igreja mais missionária e reflete, neste ano, o evangelho de São Lucas; e o jubileu da misericórdia, aberto pelo Papa Francisco.

As cidades de Ibiassucê e Caturama têm São Sebastião como seu padroeiro. Em Brumado, onde o santo é o patrono (co-padroeiro), é feriado. As cidades de Riacho de Santana, Boquira e Igaporã também festejam Sebastião com celebrações com grande participação popular e demonstração de fé e agradecimento dos fiéis.

Confira a programação de algumas cidades para hoje, dia de São Sebastião.  Leia mais »

BRUMADO – SENHOR BOM JESUS

Brumado inicia festejos de São Sebastião neste domingo (17)

16-01-2016 | Por Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

No dia 20, às 17h acontece a procissão e em seguida celebração da Santa Missa. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

No dia 20, às 17h acontece a procissão e em seguida celebração da Santa Missa. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Começam neste domingo, dia 17, os festejos de São Sebastião na paróquia Bom Jesus, em Brumado. As celebrações acontecem às 19h30 na Igreja Matriz da cidade, e vão até o dia 20 de Janeiro, dia da grande festa.

Em comunhão com o projeto diocesano de evangelização, que convoca os fiéis a serem Igreja Viva em Missão, tendo como base o evangelho de Lucas, a comunidade trás como tema “Como São Sebastião, contemplamos o mistério da misericórdia: fonte de alegria, de serenidade e paz”, e o lema “À luz do evangelho de Lucas, a serviço da vida plena para todos”.

Nas noites de trido, padres de outras paróquias da diocese participarão celebrando a eucaristia: Pe. Paulo Henrique, da paróquia de Igaporã, na primeira noite do trido; Pe. Osvaldino Barbosa, que já atuou em Brumado e hoje é pároco na cidade de Condeúba, no dia 18; e Pe. Anderson Oliveira, filho de Brumado que estava como pároco na cidade de Macaúbas, finalizará o trido, dia 19.

Cartaz da Festa de São Sebastião 2016 em Brumado. Foto: Divulgação

Cartaz da Festa de São Sebastião 2016 em Brumado. Foto: Divulgação

No dia 20, às 5h30 acontece a alvorada festiva e em seguida adoração ao Santíssimo Sacramento. A parte da manhã finaliza com o café partilhado às 7h. A procissão e celebração da santa missa acontecem às 17h. A missa será presidida pelo Pe. Waldech Gondim e padres convidados.

CACULÉ – SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Paróquia de Caculé celebra o Batismo do Senhor

11-01-2016 | Da Redação, com informações de Fábio Galvão/PASCOM Caculé

Com atenção, os fiéis ouviram a reflexão do evangelho de Lucas.

Com atenção, os fiéis ouviram a reflexão do evangelho de Lucas. Foto: Fábio Galvão/PASCOM Caculé

À noite, na missa das 19h, a Igreja Matriz de Caculé – Paróquia do Sagrado Coração de Jesus – reuniu seus fiéis para celebrar a solenidade do batismo do Senhor, neste domingo, dia 10, último domingo do tempo do natal.

Celebrada pelo padre Anderson de Oliveira, que era da paróquia de Macaúbas e agora segue para Belo Horizonte, lembrou que ao ser batizado, “Jesus sinaliza que todos devem ser batizados” e que o “batismo jamais será um ato de mera tradição”, pontuou durante a homília.

Os fiéis renovaram as promessas do batismo durante a celebração e foram aspergidos com água benta. Após a celebração, barraquinhas vendiam guloseimas em prol da comunidade.

BRUMADO – SENHOR BOM JESUS

Em Brumado, comunidade rural celebra Padroeiro e Batismo do Senhor

11-01-2016 | Por Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Em procissão, fiéis seguiram em oração até a capela da comunidade.

Em procissão, fiéis seguiram em oração até a capela da comunidade.

Narrado nos evangelhos, o batismo de Jesus nas águas do Rio Jordão marca o início de Seu ministério público. A solenidade celebrada neste domingo – dia 10 – levou muitos fiéis às igrejas do mundo inteiro. Crianças foram batizadas e foi-se refletido sobre esse que é um dos sacramentos da iniciação cristã.

Distante das grandes catedrais, a comunidade Baixa da Baraúna, zona rural de Brumado, celebrou seu padroeiro e a solenidade do batismo do Senhor. Pelas estradas que cortam o povoado, com o andor do Senhor do Bonfim fizeram procissão até a capela da comunidade.

O pequeno Kaike foi batizado na celebração que lembra o batismo de Cristo.

O pequeno Kaik foi batizado na celebração que lembra o batismo de Cristo.

Uma capela pequena e organizada. Ali, com alegria e fé, ouvindo e refletindo o evangelho em que conta o momento que o céu se abre e uma voz diz, enquanto João Batista começa o batismo de Jesus, “Tu és o Meu filho amado, em Ti ponho Meu bem querer” (Lc 3, 22), a igreja acolhia também, à família dos cristãos, seu mais novo membro: Kaik.

Na Paróquia Bom Jesus, outras missas foram celebradas e outros batizados também foram realizados, revivendo o momento do batizado de Jesus e renovando a fé no sacramento.

Artigos

[ARTIGO] Batismo e Missão

10-01-2016 | Por Dom José Gislon, Bispo de Erexim (RS)

Solenidade do Batismo do Senhor

Solenidade do Batismo do Senhor

Estimados Diocesanos! Neste segundo domingo do novo ano, celebramos a Festa do Batismo do Senhor, por João Batista nas águas do rio Jordão. Jesus, o filho de Deus, aquele que “batizará no Espírito Santo e no fogo”, assumindo a natureza humana, vai até o rio Jordão para receber o batismo de conversão de João Batista. Aquele que não tinha pecado desce no coração da humanidade, se junta aos pecadores para elevar consigo a humanidade ao Pai. Jesus, manso e humilde de coração, é solidário com a humanidade que padece, entorpecida pelo pecado do egoísmo, do abandono e da indiferença. Ele veio revelar ao mundo a face de Deus e o seu projeto de amor, que busca a reconciliação da criatura com o Criador, através da misericórdia.

A Festa do Batismo de Jesus, que encerra as celebrações do Natal, é também momento oportuno para recordarmos os compromissos do nosso batismo. Através dele, renascemos em nome da Santíssima Trindade como filhos e filhas de Deus e somos acolhidos na Igreja comunidade. Acolhidos não por acaso, mas para vivermos uma missão, a de testemunharmos Jesus Cristo.

Penso que no mundo temos muitos meios e modos de testemunharmos a nossa fé no dia-a-dia, na família, na escola, no local de trabalho, participando nas celebrações da comunidade ou colocando-se também a serviço do Senhor nos vários ministérios, tão necessários para o fortalecimento da comunhão e o cultivo da vida de fé nas comunidades. Quando nos dispomos a servir o Senhor, saímos do nosso isolamento, e deixamos a indiferença de lado, para dar um novo sentido à nossa vida.

A graça de poder servir a Deus e aos irmãos, através dos ministérios na comunidade e na ação missionária, pode também ajudar a despertar nos jovens, o sentido da corresponsabilidade e do compromisso em relação à vida e às fragilidades e feridas que atingem uma grande parcela do nosso povo. “Aquilo que os olhos não veem o coração não sente”. Jesus viu o sofrimento do povo, encontrando-o ao longo do caminho.

Artigos

[ARTIGO] O Batismo: Fonte de Misericórdia

09-01-2016 | Por Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora (MG)

Foto: Cleofas

Foto: Cleofas

Ensina o evangelista Lucas que, ao iniciar sua vida pública, Jesus se fez batizar no Rio Jordão, por João, o Precursor. Ao descer Jesus às águas, algo sobrenatural se manifestou de forma inequívoca. O Espírito Santo desceu sobre ele em forma de pomba e ouviu-se a voz do Pai que proclamou: “Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem querer” (cf Lc 3, 22).

Somos acostumados a ver o batismo como ato purificador, simbólico e eficaz. João batizava levando as pessoas a tomarem um bom banho nas águas do Jordão, após o qual se sentiam rejuvenescidas de seus cansaços e fortalecidas para tomarem novo caminho. O costume de batizar para significar tempo novo, limpeza da alma, purificação dos pecados não foi inventado por João Batista e nem por Jesus. Havia em seu tempo, comunidades como a de Qunran, cujos membros se batizavam todos os dias, buscando não somente a limpeza do corpo, mas o restabelecimento de pureza espiritual.

Porém, algo novo se dá no relato dos evangelistas sobre o batismo de Jesus. Ao mesmo tempo em que os evangelhos mostram que o Menino, nascido de Maria, em Belém, é o Filho de Deus feito homem, o Verbo Eterno que se fez carne, afirmam também que foi batizado por alguém que era pecador, embora fosse o Precursor. A narrativa da voz que veio do alto confirma a realidade divina de Cristo, destacando-o como Filho amado do Pai, sobre o qual estava o Espírito Santo.  Leia mais »

Notícias

Abertas inscrições para o Congresso Eucarístico Nacional 2016

09-01-2016 | Da Redação, com informações da CNBB

Estão abertas as inscrições para o XVII (décimo oitavo) Congresso Eucarístico Nacional – CEN – que ocorrerá entre os dias 15 e 21 de agosto, em Belém – PA, trazendo como tema “Eucaristia e Partilha na Amazônia Missionária”, e o lema “Eles reconheceram no partir do Pão”. Para participar, os interessados devem se inscrever através do site nas categorias padre ou fiel.

No site da inscrição, o participante irá preencher um formulário fornecendo informações como nome, endereço e a diocese ou arquidiocese que participa. Para cada inscrito será criada uma senha de acesso restrita, que possibilitará acompanhamento da inscrição e interações com o evento.

História e devoção

Em 1881, foi realizado o primeiro congresso eucarístico, em Lille (França), por iniciativa de um grupo de fiéis leigos, apoiados por S. Juliano Eymart. O evento contou com a participação de fiéis e bispos de diversos países da Europa. Esta será a segunda vez que Belém irá sediar o Congresso Eucarístico Nacional. Em 1953, a capital paraense sediou pela primeira vez o CEN.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Logotipo oficial do Congresso. Foto: Divulgação

Logotipo oficial do Congresso. Foto: Divulgação

Artigos

[ARTIGO] Seminário: lugar de regar as sementes do discipulado e da missão

08-01-2016 | Por Pe. Sandro Alves Teixeira Lima*

Foto: PASCOM

Foto: PASCOM

Tem uma música que pede para colocar a semente na terra e que isso não será em vão. A música adverte para não nos preocupemos com a colheita, mas recorda que jamais nos esqueçamos de plantar para o irmão. A semente da fé cristã colocada no coração dos filhos e filhas de Deus, especialmente no batismo, e germinada no seio da comunidade, a começar pela família, leva o cristão a dar respostas vocacionais capazes de brotar e dar frutos que permaneçam para sempre.

No capítulo 13 do Evangelho segundo Mateus, Jesus conta a parábola do semeador e mostra que a semente caiu em terrenos diversos, e aquela que caiu em terra boa deu frutos em abundância.  Nesta lógica, o Seminário/Casa de formação é, também, o lugar de ajudar o vocacionado a produzir frutos que o ajude a dar respostas vocacionais cristãs consistentes. Leia mais »

Notícias

Estão abertas inscrições para a 8º Romaria Nacional do Terço dos Homens

07-01-2016 | Da Redação

Foto: TV APARECIDA

Foto: TV APARECIDA

Já estão abertas as inscrições para a oitava Romaria Nacional do Terço dos Homens, que será realizada nos dias 19 e 20 de fevereiro no Santuário Nacional de Aparecida.

Missas, procissão luminosa, meditação do Terço e Consagração dos homens a Nossa Senhora Aparecida são momentos que fazem parte da Romaria que terá como tema “Terço dos Homens: Compromisso com o Evangelho – Ação e Fé!”.

As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de fevereiro. Os grupos inscritos participarão do sorteio da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Para saber mais sobre a programação e inscrição CLIQUE AQUI.

Notícias

Dia de Santos Reis: origem e tradição

07-01-2016 | Por João Rangel*

Em cada casa acolhida, a Folia apresenta-se cantando e tocando músicas de louvor a Jesus e aos Santos Reis.

Em cada casa acolhida, a Folia apresenta-se cantando e tocando músicas de louvor a Jesus e aos Santos Reis.

O “Dia de Reis”, ou “Dia dos Santos Reis”, comemorado em 6 de janeiro, tem origem na tradição católica que lembra o dia que Jesus Cristo, recém-nascido, recebeu a visita de três Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar, que vieram do oriente, guiados por uma estrela. O evangelista Mateus narrou o acontecimento: Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra. (Mt, 2,11).

A “Folia de Reis”, grupo que reúne cantadores e instrumentistas para celebrar a data, tem origem portuguesa e chegou ao Brasil no século XVIII. Em Portugal, a manifestação cultural tinha a principal finalidade de divertir o povo. Aqui no Brasil, passou a ter um caráter mais religioso.

Nas localidades que ainda preservam a tradição da “Folia de Reis”, no período de 24 de dezembro a 6 de janeiro, o grupo percorre a cidade entoando versos alusivos à visita dos Reis, passando de porta em porta em busca de oferendas, que podem variar de um prato de comida a uma simples xícara de café. Em cada casa que é acolhida, a Folia apresenta-se cantando e tocando músicas de louvor a Jesus e aos Santos Reis, em volta do presépio, com muita alegria.  Leia mais »

Página 56 de 57« Primeira...102030...5354555657