CARAÍBAS - SANTO ANTÔNIO
20-11-2017
Paróquia de Caraíbas realiza retiro para crismandos e MECEs
DIOCESE
20-11-2017
Pastoral da Criança celebra 30 anos na Diocese de Caetité
Notícias
19-11-2017
Catequistas de Riacho de Santana participam de Manhã de Espiritualidade
DIOCESE
19-11-2017
Congresso Diocesano Jovem acontece nos dias 16 e 17 de dezembro
HORÁRIO DE MISSA

DIOCESE

Pastoral do Dízimo realiza formação para coordenadores na diocese

30-10-2017 | Por PASCOM DIOCESANA

O encontro reuniu 50 representantes de 27 paróquias da diocese

O encontro de formação para agentes da Pastoral do Dízimo, realizado neste fim de semana, no Centro de Treinamento de Líderes  (CTL), em Caetité,  reuniu 50 representantes de 27 paróquias da diocese. Na abertura, o bispo Dom Carvalho falou aos participantes sobre a importância do estudo do Documento 106 da CNBB. A publicação traz orientações e propostas da Igreja sobre o “dízimo na comunidade de fé “, que dá título ao documento.

Assessor diocesano da Pastoral do Dízimo, o padre Edson Rocha, de Malhada de Pedras, coordenou o encontro.

No sábado pela manhã, a Ir. Cirlei, da paróquia de Licínio de Almeida, conduziu um momento de espiritualidade, com orações e reflexão da Palavra de Deus. Uma oportunidade também para pensar a caminhada pastoral.

O professor Stanislau Carlos dos Santos, de Malhada de Pedras, apresentou o documento 106 da CNBB e deu orientações sobre como trabalhar o dízimo nas paróquias. “O dízimo expressa  a participação da pessoa batizada na missão de anunciar o ‘Evangelho da Alegria’. Evangelização que acontece como obras de misericórdia. É evangelizar, a partir de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Eucaristia à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo”, explicou Stanislau.

MORTUGABA – SÃO JOSÉ

Conheça o trabalho da Pastoral do Dízimo em Mortugaba

21-04-2017 | Por Zé Padre/Pascom Mortugaba

O dízimo é uma doação regular e proporcional aos rendimentos do fiel. É, antes de tudo, uma grande graça, pois é uma forma concreta que o cristão tem para manifestar a sua fé em Deus e o seu amor ao próximo, já que é por meio dele que a Igreja se mantém em atividade, sustenta os trabalhos de evangelização e realiza muitas obras de caridade e assistência aos menos favorecidos. O dízimo é um compromisso. Representa a nossa vontade de colaborar, de verdade, com o Projeto Divino neste mundo.

Na Paróquia São José, em Mortugaba, a equipe do dízimo trabalha com muita dedicação e empenho para fortalecer cada dia mais a evangelização através da devolução do dízimo.

A equipe da pastoral trabalha sempre junto ao padre José Carlos Rodrigues e de toda a comunidade, que tem acesso à prestação de contas do que é feito com o dízimo, realizada no primeiro domingo de cada mês, na celebração da Santa Missa.

As comunidades rurais e bairros também trabalham em comunhão com a sede. Os dizimistas devolvem com muita fé a sua contribuição, pois possuem consciência do valor do dizimo. A arrecadação é feita pelos zeladores uma vez ao mês, distribuindo envelopes e mensagens referentes ao dizimo. Esses envelopes são estregues nas coletas da Santa Missa.

MALHADA DE PEDRAS – SENHOR BOM JESUS

Paróquia de Malhada de Pedras realiza formação para agentes da Pastoral do Dízimo

02-04-2017 | Por Anderson Ferreira/Pascom Malhada de Pedras

 

Quase 40 pessoas participaram da formação.

Agentes da Pastoral do Dízimo e representantes de 11 comunidades rurais da Paróquia Bom Jesus de Malhada de Pedras participaram, na manhã deste domingo (2), de uma formação sobre o dízimo, realizada no salão paroquial da cidade. O encontro contou com a assessoria da irmã Alexandrina Firmino, da Congregação das Carmelitas Missionárias, de Guajeru, e do padre José Rocha. Quase 40 pessoas participaram da formação que teve como tema “A Missão da Coordenação da Pastoral do Dízimo”.

Durante a oração, na abertura do encontro, o padre levou os participantes a refletir sobre a caminhada da pastoral na paróquia. Uma passagem do livro de Números foi a inspiração para a reflexão desse primeiro momento. “De todas as ofertas que receberem, reservarão uma parte para Javé, e essa parte sagrada vocês tirarão do melhor de todas as coisas”, diz o livro da Bíblia.

Na conversa com os participantes, a irmã Alexandrina falou da missão dos agentes da Pastoral do Dízimo. “O dízimo, quando é bem entendido, é comprometedor, pois leva o cristão a se comprometer com Deus e com a sua comunidade”, disse. Segundo a religiosa, o papel dos agentes consiste na conscientização dos católicos com relação ao compromisso em devolver o dízimo. “Conscientizar não é simplesmente o conhecimento intelectual. É aquilo que mexe com a consciência, com o coração e com a vontade. Eu tomo conhecimento de algo e eu vou deixar que a minha emoção se envolva nisso. A partir dessa minha consciência, eu levo o meu conhecimento aos outros. Assim é na pastoral, com vocês que estão à frente desse trabalho”, explicou.

A Carmelita, irmã Alexandrina Firmino, de Guajeru, assessorou o encontro.

Em grupo, os agentes levantaram os desafios da pastoral na comunidade. A falta de conscientização em relação ao dízimo foi o principal desafio apontado pelos grupos. Diante disso, a pastoral se comprometeu em retornar  com as visitas às comunidades rurais e aos setores da cidade, a fim de trabalhar o sentido e a vivência do dízimo na comunidade.

No segundo momento, o padre José Rocha falou sobre a missão dos agentes e a experiência de fé com o dízimo. “A minha missão também precisa ser uma experiência de fé. Não adianta eu pedir as pessoas para serem dizimistas, se eu não faço a minha experiência”. Na palestra, o padre destacou as três chaves do dízimo: é uma questão de amor, é bíblico e fala ao coração. “Antes de falar do dízimo, eu preciso falar de amor e da bíblia. Antes de fazer com que as pessoas devolvam o dízimo, elas precisam devolver o seu coração”, disse o padre.

Padre José Rocha também conduziu alguns momentos do encontro.

Notícias

Pastoral do Dízimo realiza encontro com coordenadores paroquiais

24-10-2016 | Da Redação PASCOM

Neste fim de semana, foi realizado no Centro de Treinamento de Líderes de Caetité – CTL – o encontro para coordenadores paroquiais da Pastoral do Dízimo. Coordenado pelo Pe. Edson, o momento foi de formação e avaliação da caminhada da pastoral da Diocese de Caetité. Uma das reflexões do encontro foi a falta de consciência dos cristãos católicos sobre o papel e importância do Dízimo na vida da Igreja.

Página 1 de 11