IGAPORÃ – NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO
14-01-2018
Paróquia de Igaporã inicia festejos em louvor a São Sebastião
Notícias
11-01-2018
Paróquia de Urandi celebra missa pelo aniversário natalício e sacerdotal de padre Alessandro Alves
DIOCESE
10-01-2018
14º Intereclesial das CEBs será realizado em Londrina (PR), no final do mês
GUANAMBÍ – SANTO ANTÔNIO
02-01-2018
Mons. Alex Adriano se despede de Guanambi; foi transferido para Caetité
HORÁRIO DE MISSA

MATINA – N. SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Matina encerra festa em louvor a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da cidade

10-09-2017 | Por PASCOM MATINA

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é a padroeira da Paróquia de Matina. Foto: Pascom Matina

A comunidade católica matinense realizou, nesta sexta-feira, 8, a grande festa de encerramento do novenário em homenagem a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Desde o dia 30 de setembro, a comunidade vivenciou momentos inesquecíveis de fé e devoção à Padroeira do município.

A abertura do novenário, contou com a presença do padre Antônio dos Santos Meira (Piripá), querido pelo importante trabalho que realizou em nossa paróquia. Com o tema da noite “Somos Igreja em Saída” (EG, nº 10-24; 119-121), padre Antônio nos lembrou da importância da dimensão missionária da fé Cristã. Leia mais »

MATINA – N. SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Padre Alessandro é enviado à Paróquia de Urandi

05-05-2017 | Da Redação

A noite do último domingo, 30, foi marcada por muitas emoções em Matina, com a celebração da missa de envio do padre Alessandro Santos à Paróquia Santo Antônio de Urandi.

O pároco, que atuou apenas quatro meses na paróquia de Matina, conseguiu, nesse curto período, conquistar o respeito e admiração dos fiéis pela sua maneira dinâmica de conduzir a comunidade, sempre com uma dose de humor que se tornou o seu diferencial.

Ao refletir sobre o Evangelho da noite (Lc 24,13-35), padre Alessandro convidou a comunidade a olhar para Jesus como verdadeiro caminho, capaz de levar à salvação. Também alertou a assembleia sobre a possibilidade de agir como os discípulos de Emaús, dispersando-se, afastando-se de Jesus, deixando-se abater pelos problemas do cotidiano, pela falta de fé.

Dentre as homenagens, a paróquia presenteou o padre, um momento de muita emoção para os presentes. Ao final da celebração, os fiéis formaram longas filas para abraçar o padre Alessandro, numa imensa demonstração de carinho e gratidão. Emocionada, a comunidade agradeceu pelo trabalho e dedicação, colocando-se de braços abertos para recebê-lo sempre.

Página 1 de 11