DIOCESE
23-11-2017
Papa Francisco cria nova diocese na Bahia e nomeia bispo
DIOCESE
23-11-2017
Encontro dos Bispos da Bacia do São Francisco é realizado em Bom Jesus da Lapa
CARAÍBAS - SANTO ANTÔNIO
20-11-2017
Paróquia de Caraíbas realiza retiro para crismandos e MECEs
DIOCESE
20-11-2017
Pastoral da Criança celebra 30 anos na Diocese de Caetité
HORÁRIO DE MISSA

GUANAMBÍ – SANTO ANTÔNIO

Guanambi realiza “Missa da Partilha”

02-12-2016 | Por Wicley Martins/Pascom Guanambi

No último domingo, 27, primeiro domingo do advento, aconteceu em Guanambi uma Celebração Eucarística como gesto concreto ao encerramento do mês de novembro, que em nossa diocese é dedicado ao dizimo.

Como é conhecida, a Missa da Partilha contou com a participação de centenas de fiéis que se reuniram na explanada da Igreja Matriz da cidade para a celebração presidida pelo Pe. Alex Adriano e concelebrada pelo Pe. Alessandro Santos.

Em sua homilia, o Pe. Alex agradeceu a todos os dizimistas da paróquia pelo compromisso e fidelidade e convidou aqueles que ainda não devolve o seu dizimo a colaborar na evangelização e na praticas de caridade de caridade da nossa paroquia: “Se você ainda não é um dizimista, seja-o! Procure algum dos responsáveis pela pastoral do dízimo e faça o seu cadastro! Ajude a sua comunidade a ser melhor! Seja solidário!”, destacou.

“Devolvendo o seu dízimo você estará ajudando a sua comunidade a evangelizar, a formar bem os seus evangelizadores e a socorrer aqueles que mais necessitam de ajuda. Deus abençoe aos nossos dizimistas e os recompense por tudo o que fazem em prol da comunidade e daqueles a quem acudimos e cuidamos. Muito obrigado, caro dizimista, pela sua generosidade!” frisou Pe. Alex.

Artigos

Alicerces para a reconstrução da vida cristã – Homilia Papa em Gyumri

25-06-2016 | Da Rádio Vaticana

Papa Francisco - Missa na Praça Vartanàns em Gyumri - AFP

Papa Francisco – Missa na Praça Vartanàns em Gyumri – AFP

«Levantarão os antigos escombros, restaurarão as cidades destruídas» (Is 61, 4). Nestes lugares, amados irmãos e irmãs, podemos dizer que se realizaram as palavras do profeta Isaías, que ouvimos. Depois das devastações terríveis do terremoto, estamos aqui hoje para dar graças a Deus por tudo o que foi reconstruído.

Mas poderíamos também questionar-nos: Que nos convida o Senhor a construir hoje na vida? E sobretudo: Sobre que alicerce nos chama a construir a nossa vida? Procurando responder a esta pergunta, gostaria de propor-vos três alicerces estáveis sobre os quais podemos, incansavelmente, edificar e reedificar a vida cristã.  Leia mais »

Tags:
Notícias

Papa: cristãos trabalhem pela unidade, mexeriqueiros dividem

13-05-2016 | Da Rádio Vaticana

Papa Francisco durante a Missa na Casa Santa Marta - OSS_ROM

Papa Francisco durante a Missa na Casa Santa Marta – OSS_ROM

Jesus, antes da Paixão, reza pela “unidade dos fiéis, das comunidades cristãs” para que sejam uma só coisa como Ele e o Pai, a fim de que o mundo creia”. Com estas palavras do Evangelho do dia, o Papa Francisco iniciou a homilia da missa celebrada nesta quinta-feira (12/05), na Casa Santa Marta.

“A unidade das comunidades cristãs, das famílias cristãs, é um  testemunho: testemunho do facto de o Pai ter enviado Jesus. Talvez, chegar à unidade numa comunidade cristã, numa paróquia, num bispado, numa instituição cristã e numa família cristã, seja uma das coisas mais difíceis. A nossa história, a história da Igreja, nos envergonha muitas vezes, pois provocamos guerra contra os nossos irmãos cristãos! Pensemos numa, na Guerra dos Trinta Anos.”

Onde “os cristãos incitam guerra entre eles”, afirma o Papa Francisco, ali “não há testemunho”: Leia mais »

Notícias

Papa: Crucifixo não é ornamento, é Mistério do ‘aniquilamento’

15-03-2016 | Da Rádio Vaticana

Foto: OSS_ROM/Lancio Grande

Foto: OSS_ROM/Lancio Grande

O Papa Francisco iniciou suas atividades esta terça-feira, (15/03), celebrando a Missa na Casa Santa Marta.

Em sua homilia, Francisco falou de um animal que, na Bíblia, se refere à história da salvação: a serpente. Trata-se do primeiro animal citado no Gênesis e o último no Apocalipse. Um animal que, nas Escrituras, é símbolo poderoso de danação e misteriosamente, afirmou o Papa, de redenção.

Para explicar esse simbolismo, o Pontífice entrelaçou a leitura extraída do Livro dos Números com o trecho do Evangelho de João. A primeira contém o célebre passo do povo de Israel que, cansado de vagar pelo deserto com pouco comida, insulta Deus e Moisés. Também aqui os protagonistas são as serpentes, por duas vezes. Primeiramente, são lançadas do céu contra o povo infiel, que semeiam medo e morte até que a multidão implora a Moisés para que peça perdão. E depois, entra em cena outra serpente:

“Deus diz a Moisés: ‘Faze uma serpente abrasadora (de bronze) e coloca-a como sinal sobre uma haste; aquele que for mordido e olhar para ela viverá’. É misterioso: O Senhor não deixa as serpentes morrerem. Mas se uma delas fizer mal a uma pessoa, que olhe para aquela serpente de bronze e se curará. Elevar a serpente”.  Leia mais »

Página 1 de 11