CARAÍBAS - SANTO ANTÔNIO
20-11-2017
Paróquia de Caraíbas realiza retiro para crismandos e MECEs
DIOCESE
20-11-2017
Pastoral da Criança celebra 30 anos na Diocese de Caetité
Notícias
19-11-2017
Catequistas de Riacho de Santana participam de Manhã de Espiritualidade
DIOCESE
19-11-2017
Congresso Diocesano Jovem acontece nos dias 16 e 17 de dezembro
HORÁRIO DE MISSA

DIOCESE

Dom Carvalho é diplomado pela Academia Caetiteense de Letras

12-11-2017 | Por PASCOM DIOCESANA

Dom Carvalho vai ocupar a 24ª Cadeira que era do saudoso bispo Dom Antônio Alberto.

Em sessão solene realizada na noite deste sábado (11),  na Catedral de Senhora Sant’Ana, em Caetité, a Academia Caetiteense de Letras diplomou o bispo Dom Carvalho para ocupar a 24ª cadeira da instituição. Dom Carvalho vai ocupar o lugar do saudoso bispo Dom Antônio Alberto Guimaraes Rezende, o sétimo bispo da Diocese de Caetité, que era patrono e fundador da Academia e morreu em 2015.

A solenidade contou com as presenças  do diretor da Academia, Luiz Pereira Benevides, do juiz de Caetité,  Dr. Eduardo das Neves, do promotor de justiça regional, Dr. Jailson Trindade, além dos demais membros da Academia e dos participantes da 10ª Assembleia Diocesana, que acontece neste fim de semana, no Centro de Treinamento de Líderes  (CTL), em Caetité.

Durante a sessão, saudações ao bispo Dom Carvalho demonstraram a importância de se participar da Academia, uma instituição que não deixa morrer a cultura das letras, do passado e do presente.

Em pronunciamento, Dom Carvalho disse que, na Academia, não será um representante da sua pessoa, mas de toda a Diocese de Caetité, tendo em vista que ele é a figura que representa a unidade na diocese.

Ao final da sessão, um coquetel foi oferecido aos participantes  no Centro de Educação Promocional (CEP).

DIOCESE

Começa 10ª Assembleia Diocesena, em Caetité

11-11-2017 | Por PASCOM DIOCESANA

Começou nesta sexta-feira (10), em Caetité, a 10ª Assembleia Diocesana, com o tema “Igreja, Casa de Iniciação à Vida Cristã”. O encontro reúne todo o clero da diocese, além de religiosos, representantes de paróquias, de pastorais e de movimentos.

“Esta Assembleia está fundamentada nas diretrizes gerais da ação evangelizadora da Igreja no Brasil  do período de 2015 a 2019, bem como está sendo estudado o mais novo documento da CNBB ‘Iniciação à Vida Cristã'”, explicou o padre Paulo Henrique Neves, coordenador da Pascom.

A Assembleia discute, ainda, o que foi trabalhado nas assembleias paroquiais. O encerramento é no domingo, ao meio dia.

DIOCESE

Encontro reúne secretários e tesoureiros das paróquias, em Caetité

25-10-2017 | Por PASCOM DIOCESANA

Secretários e tesoureiros de todas as paróquias da diocese participaram da atualização.

Terminou hoje, no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), em Caetité, o encontro de atualização para secretários e tesoureiros das 37 paróquias da diocese. A formação teve início nesta terça-feira (24) e contou com a assessoria da contadora Simara, do setor administrativo da Arquidiocese de Vitória da Conquista, e da psicóloga Geralda, secretária da Câmara Eclesiástica e do Instituto de Filosofia da mesma arquidiocese. O bispo Dom Carvalho e o Ecônomo da diocese, padre Sandro Lima, também estiveram presentes.

Na pauta, orientações sobre a questão econômica das paróquias, organização do trabalho, uso da tecnologia e função da secretaria paroquial e do secretário.

O bispo Dom Carvalho também esteve no encontro.

Em contato com a Pascom, Dom Carvalho falou sobre os objetivos do encontro. “Nós estamos trabalhando para a mudança da organização contábil da diocese, ou seja, tentar fazer um balancete mais eficiente que atenda tanto as exigências canônicas quanto civis. É um período de reformulação do nosso trabalho. E, além disso, é preciso fazer uma caminhada em conjunto. Então, esse encontro propicia o intercâmbio entre paróquias e a comunhão entre secretários”, disse o bispo.

CAETITÉ - NOSSA SENHORA APARECIDA

Paróquia NS Aparecida: atendimento paroquial e agenda

16-10-2017 | Por PASCOM

Foto: PASCOM/Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Criada a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Caetité, o atendimento do padre Waldech Gondim, designado Pároco da nova Paróquia, deve continuar ainda por algum tempo na Secretaria Paroquial da Paróquia Sra. Santana – Catedral, nas quintas e sextas-feiras; o mesmo vale para inscrições de celebrações de Batismos e Casamentos da nova Paróquia, até que a secretaria paroquial da Paróquia N Sra. Aparecida seja instalada e pronta para funcionamento.

 

DIOCESE

Padre Waldech toma posse como primeiro pároco da nova paróquia, em Caetité

16-10-2017 | Por PASCOM/Paróquia Nossa Senhora Aparecida

O padre Waldech Godim será o primeiro pároco da nova Paróquia. Foto: PASCOM

Após a leitura do Decreto de criação da nova Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Caetité, em Solene celebração Eucarística, o padre Waldech Brito Gondim, após receber os Livros de Registros da nova Paróquia, tomou posse como pároco.

A celebração contou com a presença dos Padres João Sá – pároco da Catedral, Eutrópio Aécio – vigário paroquial em Guanambi; Pe. Arnaldo, SM – paróquia de Monte Alto, e o Monsenhor Adhemar – vigário paroquial em Caetité.

O padre Waldech para expressar as suas responsabilidades em administrar pastoral e espiritualmente a nova paróquia, recebeu alguns instrumentos das mãos do Bispo Diocesano: o Livro dos Evangelhos, a Sede presidencial, a estola, a chave do sacrário, os óleos dos catecúmenos e dos enfermos, bem como a estola roxa e os Rituais sacramentais, e por fim os documentos da nova paróquia. Nesta celebração, assumindo, a missão de pároco, o padre Waldech renovou diante do Bispo as promessas do ministério presbiteral, fazendo a Profissão de fé e o Juramento de Fidelidade.

Momento de muita emoção, fé e devoção a Nossa senhora Aparecida, as festividades acontecem no Ano Nacional Mariano, em que se comemora os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul – SP.

DIOCESE

Elevação Canônica da Paróquia NS Aparecida, em Caetité, reúne multidão de fiéis

16-10-2017 | Por Zeomário Teixeira/PASCOM Caetité

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida é a terceira paróquia criada este ano na diocese. Foto: Foto Estrela

Os devotos da Padroeira do Brasil, em Caetité, participaram da elevação canônica da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no último dia 12 de outubro. O ato foi conduzido por Dom José Roberto Silva Carvalho, Bispo da Diocese de Caetité, e contou com a presença de padres do clero diocesano, autoridades civis e uma multidão de católicos.

A procissão com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, a mesma que visitou toda diocese, saiu da Avenida Olimar Oliveira, no entardecer daquele dia Santo, até a então capela de Nossa Senhora Aparecida. Foi uma caminhada de muito louvor a Deus e agradecimento a proteção da Mãe Aparecida nestes 300 anos de graças. Na chegada à Capela aconteceu o tão esperado ato de elevação da Nova Paróquia.

Ao anoitecer do dia 12 de outubro, a multidão de fiéis escutou Dom Carvalho dizer: “Aqui já é paróquia. Não pertence mais a catedral. Agora é uma paróquia independente. Claro que na mesma cidade tem que caminhar numa dimensão de comunhão e participação. Mas tem sua independência canônica.” Ainda neste mesmo ato da criação da paróquia, foi declarada que a Igreja localizada na Avenida Paraná, nº 579, Bairro Ovídeo Teixeira, será a Matriz Provisória da nova Paróquia.

A Missa Solene em louvor à Padroeira do Brasil foi realizada em seguida e ficou registrada como a primeira Missa Celebrada na nova paróquia. No decorrer da celebração eucarística, o Padre Waldech Brito Gondim, chanceler da cúria, tomou posse como primeiro pároco da recém-criada paróquia. Ao terminar a Santa Missa, Dom Carvalho ressaltou que a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, cópia da imagem original do Santuário Nacional de Aparecida, que pertence ao patrimônio diocesano, ficará sob os cuidados da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida fará limites com a Paróquia Sra. Santana – Catedral e com os municípios de Lagoa Real, Livramento de N Sra., Paramirim, Taque Novo e Igaporã.

 

ARACATU – SÃO PEDRO

Diocese de Caetité celebra Sant’Ana, sua padroeira

30-07-2016 | Por Pe. Paulo Henrique/PASCOM

Milhares de pessoas participaram da celebração

Milhares de pessoas participaram da celebração

“Este é o dia que Deus fez para Caetité”. Com estas palavras foram iniciados os louvores à Senhora Sant’Ana, no dia 26 de julho, na cidade de Caetité. Desde o dia 17, muitos fiéis foram à catedral para apresentar seus pedidos e fazer preces à Senhora Sant’Ana, que por mais de dois séculos protege e abençoa o povo de Caetité. A festa de Sant’Ana deste ano abriu solenemente o caminho de peregrinação que será realizado pela imagem jubilar de Nossa Senhora Aparecida, que ficou exposta na catedral durante todo o novenário.

Durante festa de Sant’Ana, os fieis tiveram a oportunidade de refletir sobre o Evangelho de São Lucas que apresenta o rosto de uma Igreja samaritana e caridosa, chamada a viver a misericórdia em todas as situações e circunstâncias da vida. E mais uma vez o povo de Caetité deu um show de criatividade na apresentação das temáticas de cada noite do novenário, bem como os diversos padres que foram convidados para proferirem a homilia, enriquecendo ainda mais o povo de Deus com profundos ensinamentos.  Leia mais »

CAETITÉ – SENHORA SANT’ANA

Caetité realiza campanha para construção da casa paroquial

30-03-2016 | Da redação

Colabore com a campanha!

Colabore com a campanha!

A Paróquia Senhora Sant’Ana de Caetité está em campanha para a construção da Casa Paroquial. Para alcançar esse objetivo, a paróquia produziu um carnê, no valor mensal de R$ 10, que durante um ano os fiéis podem colaborar para a construção. O carnê está disponível na secretaria da paróquia. Outra forma de ajudar é por meio de deposito bancário: poupança 23047-2, variação 51, agência 230-5 do Banco do Brasil. Mais informações na secretaria da paróquia.

Notícias

Realizada 3ª edição da Páscoa da Juventude em Caetité

28-03-2016 | Da Redação PASCOM/Com Informações de Renan Santos

Com muita animação, os jovens percorreram as ruas de Caetité. Foto: Renan Santos

Com muita animação, os jovens percorreram as ruas de Caetité. Foto: Renan Santos

Música, dança, alegria. O domingo da ressurreição foi celebrado em Caetité com a 3ª Páscoa da Juventude, evento realizado pelo Conselho Paroquial da Juventude da Paróquia Senhora Sant’Ana.

Pelas ruas da cidade, jovens de várias cidades da Diocese seguiram atrás do trio ao som da Banda Leite e Mel. Em três horas de apresentação, o grupo tocou musicas de louvor e adoração e teve o objetivo de não deixar ninguém parado.

A Banda Leite e Mel foi atração do evento. Foto: Renan Santos

A Banda Leite e Mel foi atração do evento. Foto: Renan Santos

O Pe. Gilvan Pereira Rodrigues, Administrador Diocesano, parabenizou a iniciativa e enfatizou que “festa é importante quando se tem um bom motivo” para se festejar e que “quando se comemora a Páscoa do Senhor” é ainda melhor.

Notícias

Apresentada propostas de ações para a Campanha da Fraternidade na Diocese

16-02-2016 | Por Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Durante o CPD, Pe. José Rocha apresentou as propostas de ação da Diocese para a Campanha da Fraternidade 2016. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Durante o CPD, Pe. José Rocha apresentou as propostas de ação da Diocese para a Campanha da Fraternidade 2016. Foto: Luan Vinicius Ferreira/PASCOM

Resultado do encontro de formação sobre a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016, o Pe. José Rocha apresentou, durante o Conselho Pastoral Diocesano – CPD –, no último final de semana em Caetité, as propostas de ação da Campanha para a Diocese.

A formação sobre a Campanha, realizada no final do mês de janeiro, foi coordenada pelos padres José Rocha e José Vieira, que contaram com a colaboração de Amanda Santos, mestranda em saneamento básico e integrante da Cáritas, Regional Nordeste III.

Segundo Pe. José Rocha, as propostas têm por objetivo a provocação da sociedade, de modo geral, para ações concretas em relação ao saneamento básico. “Primeiro, além de provocar o poder público, provocar a sociedade civil para a criação, ou, pelo menos a participação nas políticas públicas. Uma vez que a Campanha [da Fraternidade] tenta abordar ao que é próprio nosso, seria o momento de incentivar as pessoas na busca e efetivação de ações concretas para vivência enquanto comunidade, e vivencia particular”, pontua o padre.  Leia mais »

Página 1 de 11