DIOCESE

Pastoral Universitária participa de roda de conversa no campus da Uneb, em Guanambi

25-11-2017 | Por Eneida Pereira Bomfim/Coordenadora Diocesana da Pastoral Universitária

A roda de conversa foi realizada na manhã deste sábado (25), no campus da Uneb, em Guanambi. Foto: Pastoral Universitária

Na manhã deste sábado, 25 de novembro, os representantes da Pastoral Universitária da Diocese de Caetité, padre Eutrópio Aécio de Carvalho Souza e Eneida Pereira Bomfim, assessor e coordenadora, respectivamente, estiveram presentes no Campus XII da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) , para participarem de uma roda de conversa na disciplina História da Educação.

Instigados pelos debates já realizados em sala a respeito dos estudos sobre as Sociedades Primitivas, a Antiguidade Clássica e a Idade Média, os discentes, da Profa. Dra. Adriana Pereira Bomfim, dialogaram com os facilitadores, durante duas horas e meia, sobre os mais variados temas. 

Foi uma oportunidade de debater sobre a participação da Igreja Católica na Anguidade Clássica e na Idade Média, tirar dúvidas relacionadas à sua doutrina e moral, refletir sobre a visão da Igreja sobre temas como a questão de gênero, o papel da mulher, o aborto, a política, e a participação dos leigos e leigas na sociedade, bem como, compartilhar, um pouco, sobre a pastoral universitária.

A atividade, que contou com a participação de graduandos de Pedagogia do primeiro semestre, católicos, cristãos de outras Igrejas, além, e membros de outras denominações religiosas, foi, também, uma oportunidade para promover a cultura do encontro.

Avaliado positivamente pelos agentes promotores, a atividade, provavelmente, terá outros desdobramentos.
“O outro tem sempre algo para nos dar, desde que saibamos nos aproximar dele com uma atitude aberta e disponível, sem preconceitos. Só assim pode crescer o bom entendimento entre as culturas e as religiões, a estima de umas pelas outras livre de suposições gratuitas e no respeito pelos direitos de cada uma. Hoje, ou se aposta na cultura do encontro, ou todos perdem; percorrer a estrada justa torna o caminho fecundo e seguro. ” (PAPA FRANCISCO. Discurso no Encontro com a Classe Dirigente do Brasil/JMJ, 2013)