DIOCESE

Iniciação à vida cristã é tema de assembleia, em Livramento de Nossa Senhora

01-10-2017 | POR PASCOM DIOCESANA

O bispo de Livramento, Dom Armando Bucciol, assessorou os trabalhos. Foto: Anderson Ferreira/PASCOM

“Iniciação à vida cristã: itinerário para formar discípulos missionários” foi o tema  da Assembleia da Sub-região 4 do Regional Nordeste 3, realizada neste fim de semana, em Livramento de Nossa Senhora. Mais de 120 coordenadores e representantes de pastorais e movimentos das dioceses de Caetité, Jequié e Livramento e da arquidiocese de Vitória da Conquista participaram da Assembleia, entre eles bispos, padres, religiosas e leigos.

O bispo de Livramento, Dom Armando Bucciol, assessorou os trabalhos. Segundo ele, a Assembleia é uma maneira de levar em frente a atividade pastoral dentro do ser Igreja e do regional. “É um momento de partilha, de colaboração, de diálogo e, ao longo dos anos, temos percebido que isso tem favorecido a colaboração das diferentes pastorais no trabalho da nossa Igreja”, completou o bispo.

Os bispos das quatro (arq) dioceses que compõem o sub-regional participaram da assembleia. Foto: Anderson Ferreira/PASCOM

Nesses dias de Assembleia foi trabalhado o Documento 107 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), aprovado pela 55ª Assembleia Geral dos Bispos. O documento oferece novas disposições pastorais para a iniciação à vida cristã, presente nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora desde 2011. Para Dom Armando, a iniciação à vida cristã é um dos principais elementos para se viver como Igreja. “Uma formação adequada é sempre algo essencial. Dizia o escritor eclesiástico Tertuliano que a gente não nasce cristão, mas é preciso passar por um processo para tomar consciência do que significa ser cristão. E isso pede experiências vividas na nossa comunidade, conhecimento do credo da nossa Igreja, momentos marcantes de oração e depois um mínimo de organização para testemunhar esta que é a missão de Jesus Cristo, sobretudo em sua dimensão da missionariedade”, destacou Dom Armando.

O bispo de Caetité,  Dom Carvalho, concorda que essa formação é necessária. “Diante dessa realidade de mudanças em que vivemos, percebemos que a família não cumpre como deveria cumprir esse papel de iniciar os seus filhos na vida cristã. Depois também é um convite para todos nós, mesmo já iniciados e com uma caminhada, nos aprofundarmos no seguimento a Nosso Senhor Jesus Cristo. Por mais que eu me envolva nesse processo, eu não conheço tudo sobre Deus. A razão humana não absolve todo o seguimento de Deus. Então é caminhar com Jesus e caminhar para conhecê-lo”, explicou.

Mais de 20 pessoas da Diocese de Caetité participaram da Assembleia.

Dom Carvalho falou também sobre a participação da diocese na Assembleia. “O significado principal de estarmos aqui é o da comunhão e da participação. Nós não somos uma Igreja isolada, somos uma Igreja particular, mas que caminha em comunhão com as outras dioceses que compõem a sub-região pastoral. É um momento também de nos encontrarmos e partilharmos as experiências que vivemos”, contou.

Para o bispo de Caetité, esses dias de encontro vão contribuir com as reflexões da Assembleia Diocesana, marcada para novembro. “Na Assembleia Diocesana, vamos rever o nosso plano pastoral e também o diretório de sacramentos da iniciação cristã. Então, toda a reflexão que tivemos aqui enriquecerá a nossa assembleia”, disse Dom Carvalho.

A Assembleia da Sub-região 4 acontece uma vez por ano. Confira mais fotos: