CAETITÉ - NOSSA SENHORA APARECIDA

Paróquia NS Aparecida: atendimento paroquial e agenda

16-10-2017 | Por PASCOM

Foto: PASCOM/Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Criada a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Caetité, o atendimento do padre Waldech Gondim, designado Pároco da nova Paróquia, deve continuar ainda por algum tempo na Secretaria Paroquial da Paróquia Sra. Santana – Catedral, nas quintas e sextas-feiras; o mesmo vale para inscrições de celebrações de Batismos e Casamentos da nova Paróquia, até que a secretaria paroquial da Paróquia N Sra. Aparecida seja instalada e pronta para funcionamento.

 

DIOCESE

Padre Waldech toma posse como primeiro pároco da nova paróquia, em Caetité

16-10-2017 | Por PASCOM/Paróquia Nossa Senhora Aparecida

O padre Waldech Godim será o primeiro pároco da nova Paróquia. Foto: PASCOM

Após a leitura do Decreto de criação da nova Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Caetité, em Solene celebração Eucarística, o padre Waldech Brito Gondim, após receber os Livros de Registros da nova Paróquia, tomou posse como pároco.

A celebração contou com a presença dos Padres João Sá – pároco da Catedral, Eutrópio Aécio – vigário paroquial em Guanambi; Pe. Arnaldo, SM – paróquia de Monte Alto, e o Monsenhor Adhemar – vigário paroquial em Caetité.

O padre Waldech para expressar as suas responsabilidades em administrar pastoral e espiritualmente a nova paróquia, recebeu alguns instrumentos das mãos do Bispo Diocesano: o Livro dos Evangelhos, a Sede presidencial, a estola, a chave do sacrário, os óleos dos catecúmenos e dos enfermos, bem como a estola roxa e os Rituais sacramentais, e por fim os documentos da nova paróquia. Nesta celebração, assumindo, a missão de pároco, o padre Waldech renovou diante do Bispo as promessas do ministério presbiteral, fazendo a Profissão de fé e o Juramento de Fidelidade.

Momento de muita emoção, fé e devoção a Nossa senhora Aparecida, as festividades acontecem no Ano Nacional Mariano, em que se comemora os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul – SP.

DIOCESE

Elevação Canônica da Paróquia NS Aparecida, em Caetité, reúne multidão de fiéis

16-10-2017 | Por Zeomário Teixeira/PASCOM Caetité

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida é a terceira paróquia criada este ano na diocese. Foto: Foto Estrela

Os devotos da Padroeira do Brasil, em Caetité, participaram da elevação canônica da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no último dia 12 de outubro. O ato foi conduzido por Dom José Roberto Silva Carvalho, Bispo da Diocese de Caetité, e contou com a presença de padres do clero diocesano, autoridades civis e uma multidão de católicos.

A procissão com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, a mesma que visitou toda diocese, saiu da Avenida Olimar Oliveira, no entardecer daquele dia Santo, até a então capela de Nossa Senhora Aparecida. Foi uma caminhada de muito louvor a Deus e agradecimento a proteção da Mãe Aparecida nestes 300 anos de graças. Na chegada à Capela aconteceu o tão esperado ato de elevação da Nova Paróquia.

Ao anoitecer do dia 12 de outubro, a multidão de fiéis escutou Dom Carvalho dizer: “Aqui já é paróquia. Não pertence mais a catedral. Agora é uma paróquia independente. Claro que na mesma cidade tem que caminhar numa dimensão de comunhão e participação. Mas tem sua independência canônica.” Ainda neste mesmo ato da criação da paróquia, foi declarada que a Igreja localizada na Avenida Paraná, nº 579, Bairro Ovídeo Teixeira, será a Matriz Provisória da nova Paróquia.

A Missa Solene em louvor à Padroeira do Brasil foi realizada em seguida e ficou registrada como a primeira Missa Celebrada na nova paróquia. No decorrer da celebração eucarística, o Padre Waldech Brito Gondim, chanceler da cúria, tomou posse como primeiro pároco da recém-criada paróquia. Ao terminar a Santa Missa, Dom Carvalho ressaltou que a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, cópia da imagem original do Santuário Nacional de Aparecida, que pertence ao patrimônio diocesano, ficará sob os cuidados da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida fará limites com a Paróquia Sra. Santana – Catedral e com os municípios de Lagoa Real, Livramento de N Sra., Paramirim, Taque Novo e Igaporã.

 

Notícias

Urandi celebra jubileu de 300 anos da devoção à Nossa Senhora Aparecida

14-10-2017 | Por Idalina Gonçalves/PASCOM Urandi

No último dia 12 de outubro, os devotos de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, da Paróquia Santo Antônio de Urandi, festejaram o Jubileu de 300 anos de aparição de sua imagem, marcada com a celebração da Santa Missa, presidida pelo Padre Alessandro Alves, que ressaltou a figura de Maria, para além das Bodas de Canã, resumindo toda a orientação que Ela, Mãe de Jesus e Mãe dos homens, dá aos seus filhos continuamente.

Na oportunidade foram comemorados os 99 anos de emancipação política do município de Urandi, seguida da procissão, que contou com a participação de todas as Comunidades, que louvaram a Perfeita serva do Senhor, obediente até o fim ao seu Deus, a qual não cessa de exortar e ajudar os homens a fazerem o mesmo: Fazei tudo o que ele vos disser (Jo 5: 2).

MALHADA DE PEDRAS – SENHOR BOM JESUS

Paróquia de Malhada de Pedras celebra Solenidade de Nossa Senhora Aparecida

13-10-2017 | Por Anderson Ferreira/PASCOM Malhada de Pedras

 

Em Malhada de Pedras, a celebração dos 300 anos da devoção à Nossa Senhora Aparecida reuniu um grande número de devotos. Foto: Anderson Ferreira/PASCOM

Os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida por três humildes pescadores nas águas do rio Paraíba foram celebrados nesta quinta-feira (12), dia em que a Igreja Católica dedica à santa padroeira do Brasil. Em Malhada de Pedras, Paróquia Senhor Bom Jesus, os devotos se concentraram na praça da Matriz, no início da noite, para a missa solene e procissão em homenagem à Mãe Aparecida.

Alda Lucinda de Souza, 73, devota de Nossa Senhora Aparecida desde criança, participou da celebração. “Aprendi com meus pais e padrinhos a devoção à Maria, que todos os dias rezavam o terço, e também com meu avô paterno. Ele tinha, em casa, uma capelinha de Nossa Senhora Aparecida. Uma das últimas lembranças que tenho dele é, junto à imagem, ajoelhado e chorando”, conta.

Depois de passar por momentos difíceis na vida pessoal, dona Alda diz que agora quer apenas agradecer. “Eu só tenho a agradecer a Nossa Senhora Aparecida por todas as graças recebidas. Eu amo a minha Mãe do céu de todo o coração. Sempre que estou angustiada conto com ela e ela sempre me atende”, diz.

A celebração foi realizada na praça da Matriz, seguida de procissão pelas ruas da cidade. Foto: Anderson Ferreira/PASCOM

O administrador paroquial, padre Edson Rocha, comentou sobre o tricentenário de devoção à Nossa Senhora Aparecida. “A história da Virgem de Aparecida é muito importante para nós porque revela a nossa identidade como povo que cultiva a sua fé e a sua religiosidade. São 300 anos de fé e milagres pela intercessão da Mãe Aparecida”, disse o padre. “Assim como ela foi encontrada por uma rede, que essa rede também se estenda ao nosso coração, a nossa vida, a nossa caminhada de católicos. Que a Senhora Aparecida continue a resplandecer na vida e na história de seu povo o desejo de construção de uma sociedade mais livre e mais igualitária”, pediu o padre.

Confira mais fotos.

 

Notícias

Paróquia de Sebastião Laranjeiras realiza Assembleia Paroquial

12-10-2017 | Por Pe. Sandro Lima

A Paróquia Santo Antônio, em Sebastião Laranjeiras, realizou, no dia 01 de outubro, a Assembleia Paroquial avaliando a caminhada feita ao longo do desenvolvimento do Projeto Pastoral Diocesano(2014-2017). Estiveram presentes os coordenadores das comunidades, pastorais, movimentos e grupos da Paróquia, o padre Sandro Lima, administrador paroquial da referida Paróquia e das Irmãs Missionárias Beneditinas (I. Marineide e Ir. Macionila) que depois das experiências em Malhada de Pedras e Lagoa Real, agora residem em Sebastião Laranjeiras. Além das reflexões e avaliações, houve também profundos momentos de oração, caminhada com a atenção voltada as realidades do Ano Mariano e dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

CARAÍBAS - SANTO ANTÔNIO

Paróquia de Caraíbas celebra Nossa Senhora Aparecida em várias comunidades

12-10-2017 | Por Damião Silva/PASCOM Caraíbas

Neste ano em que o Brasil comemora o tricentenário de aparição da imagem de Nossa Senhora de Aparecida são muitas as manifestações de devoção, fé e carinho à Padroeira do Brasil.

Em todas as paróquias e dioceses do país a mobilização de preparação para o jubileu dos 300 anos aconteceu por meio da peregrinação da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Em nossa Diocese todas as 35 Paróquias tiveram a alegria de serem visitadas pela imagem peregrina. Também agora no mês de outubro são várias as homenagens e momentos celebrativos dedicados a Nossa Senhora através de novenários e festejos diversos.

Na Paróquia Santo Antônio de Caraíbas, essa devoção é também algo muito presente. Três comunidades têm como padroeira Nossa Senhora Aparecida. Na cidade todo ano acontece o novenário, e o desse ano, que teve início na última quarta-feira (4), a festa é mais do que especial pela passagem do tricentenário. As comunidades dos povoados de Jiboia II e Sítio Mariana iniciaram no dia 9 os festejos em honra e louvor à Nossa Mãe Aparecida.

Foi no ano de 1717 nas águas do rio Paraíba, interior do estado de São Paulo, que a aparição nas redes de simples pescadores de uma imagem negra, transformou a fé de um povo até receber o título de Padroeira do Brasil.

Nesse ano muito especial voltemos ainda mais a nossa fé e devoção a nossa Mãe e Rainha, pedindo-a suas bênçãos e proteção para nossa gente e para nossa caminhada.

Fotos: Vivaildo Carvalho

DIOCESE

Cáritas Diocesana lança edital para financiamento de projetos

09-10-2017 | Por PASCOM DIOCESANA

Diocese de Caetité

A Diocese de Caetité, através da Cáritas Diocesana, está com o edital de pequenos projetos aberto para Paróquias, Grupos organizados, Associações, Pastorais, Entidades Sociais sem fins lucrativos e de apoio a comunidades e movimentos sociais, com atuação direta no território da Diocese de Caetité e que estejam habilitados preferencialmente a trabalhar com a temática proposta pela CF 2017 – “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”.  Leia mais »

Tags:
Notícias

Assembleia paroquial, em Riacho de Santana, faz reflexão sobre a iniciação à vida cristã

09-10-2017 | Por PASCOM Riacho de Santana

Mais de 80 representantes das comunidades, pastorais, grupos e movimentos da paróquia participaram da Assembleia. Foto: PASCOM

A Paróquia Nossa Senhora da Glória, em Riacho de Santana, realizou neste domingo (8), no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), a Assembleia Paroquial. Momento de refletir, rever nossas ações pastorais, como tem sido a nossa caminhada enquanto povo de Deus, lançar um olhar atencioso e carinhoso para nossa realidade e com generosidade construirmos juntos, na certeza de que somos irmãos e irmãs, batizados numa só fé, na força e no poder do Espírito Santo, os novos passos que Deus nosso Pai quer preparar para nossa Paróquia nos próximos anos.

Mais de 80 representantes das comunidades, pastorais, grupos e movimentos da paróquia participaram da Assembleia.

Após oração inicial, acolhida e apresentação, padre Izaías Afonso ajudou a refletir sobre a temática: Iniciação à Vida Cristã: itinerário para formar discípulos missionários – Doc 107 da CNBB, aprovado na 55ª Assembleia Geral dos Bispos, em Aparecida-SP, de 26 de abril a 05 de maio de 2017. O período da tarde serviu para avaliar o Projeto Diocesano 2015-2019 e fazer propostas para o novo Projeto Diocesano 2018-2020.

O Documento 107 representa um passo importante na caminhada da Igreja. Segundo o padre Izaías “tem crescido a convicção de que a catequese está a serviço da Iniciação à Vida Cristã, portanto a corresponsabilidade de toda comunidade é fundamental para formar novos discípulos missionários”.

MALHADA DE PEDRAS – SENHOR BOM JESUS

Em assembleia, Paróquia de Malhada de Pedras avalia caminhada paroquial

08-10-2017 | Por Anderson Ferreira/PASCOM Malhada de Pedras

Representantes de pastorais, grupos, movimentos e de 26 comunidades rurais participaram da assembleia. Foto: Diovane Leite

Em assembleia realizada na manhã deste domingo (8), a Paróquia Senhor Bom Jesus de Malhada de Pedras avaliou a caminhada paroquial dos últimos quatro anos. Representantes de pastorais, grupos e movimentos e de 26 comunidades rurais participaram do encontro.

As atividades tiveram início com um momento de oração,  conduzido pelo administrador paroquial, padre Edson Rocha.

Em um momento de motivação, a psicóloga Andréia Feitosa fez uma dinâmica sobre a participação dos leigos à frente dos trabalhos da Igreja. Questionou a disponibilidade deles na condução das pastorais, grupos, movimentos e comunidades e finalizou dizendo que, diante das dificuldades, é preciso se renovar sempre para seguir com entusiasmo e alegria.

A coordenadora de liturgia da paróquia, Aureni Caetano, fez um repasse do encontro de liturgia em Caetité. Explicou as partes da Santa Missa e tirou dúvidas dos participantes com a ajuda do padre Edson.

O coordenador dos Ministros da Eucaristia, Stanislau dos Santos, apresentou o resultado dos questionários distribuídos para as pastorais, grupos, movimentos e comunidades, como avaliação da caminhada da paróquia e da diocese. Entre os questionamentos, foi perguntado quais os principais desafios das comunidades e da paróquia e de que maneira enfrentá-los, além de pedir aos leigos sugestões de propostas para a caminhada dos próximos anos. Os resultados da pesquisa serão encaminhados para a assembleia diocesana que acontece em novembro, em Caetité.

Ao final da assembleia, os participantes elegeram o dízimo e as missões como prioridades para caminhada da paróquia nos próximos anos. Temas que serão trabalhados em paralelo com as prioridades da diocese e da Igreja.

Página 4 de 56« Primeira...23456...102030...Última »